Olá, bem-vindas, bem-vindes, bem-vindos à Vila Itororó e ao projeto Vozes de Itororó, realizado em parceria com a ExCompanhia de Teatro. Esta é uma experiência em áudio imersiva, autônoma e itinerante. Por favor, coloque seus fones de ouvido, respeitando os lados direito e esquerdo. Faça o download do mapa da experiência e, em seguida, ouça o áudio abaixo para acessar informações importantes sobre esta vivência.

A fonte da Independência
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: Os usos econômicos da piscina
Os usos econômicos da piscina
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: Vultos e fantasmas
Vultos e fantasmas
José Santos Pinheiro (Vigia noturno durante as obras da Vila Itororó)   Próximo áudio: E você, o que acha?
E você, o que acha?
José Santos Pinheiro (Vigia noturno durante as obras da Vila Itororó)   Clique aqui para voltar ao menu inicial
ESTAÇÃO 1 – Clube Éden Liberdade (antigo Instituto Hydroterapico) | PERÍODO _ Início do século XX a 1932
São Paulo passou por profundas transformações nas primeiras décadas do século XX, sendo alçada, por conta do seu vertiginoso crescimento, à condição de metrópole. É nesse contexto que Francisco de Castro inaugura a Vila Itororó, às margens do córrego de mesmo nome, dando início a uma história que se confunde,
ESTAÇÃO 2 – Pátio da Vila | PERÍODO _ De 1932 a 1965
Após a morte de Francisco de Castro, São Paulo continua sofrendo um importante processo de transformação social e econômico, e a Vila Itororó começa a ser habitada, neste período, por trabalhadores empregados na região. O senso de comunidade se fortalece dentro da Vila e o espaço se consolida cada vez
ESTAÇÃO 3 – Casa 6 | PERÍODO _ De 1965 a 1975
A especulação imobiliária começa a rondar a Vila Itororó, que, neste momento, ainda abriga um grande número de famílias de trabalhadores, incluindo atores e artistas de circo. O processo de “cortização” do espaço começa a ganhar forma enquanto a ditadura militar é implantada no Brasil. As mudanças na cidade continuam
ESTAÇÃO 4 – Fonte (inaugurada em 2019) | PERÍODO _ De 1975 a 1990
O processo de “cortização” da Vila se aprofunda. Iniciam-se discussões políticas dentro dos órgãos públicos onde a Vila Itororó passa a ser vista como uma área de interesse cultural. A especulação imobiliária ao redor do local aumenta. A tensão invade as estruturas das casas e do palacete, e o debate
ESTAÇÃO 5 – Ruínas | PERÍODO _ De 1990 a 2013
No início dos anos 90, os moradores locais organizam movimentos populares para se defenderem das ameaças de desapropriação, cada vez mais frequentes. A Vila Itororó se transforma, então, numa questão política sensível à toda cidade. A arquitetura original das casas e do palacete, transformada pela intervenção dos moradores ao longo
ESTAÇÃO 6 – Escadaria | PERÍODO _ De 2014 ao ∞
Na vida, sempre existem mais perguntas do que respostas. Na Vila Itororó, também. Diante de nós, o passado pode revelar o futuro, se tivermos olhos e ouvidos abertos para o presente. A Vila é um espaço em eterna construção, que carrega em si as cicatrizes dos seus conflitos, a beleza
O que é a Vila Itororó?
Luiz Fernando de Almeida (Arquiteto, coordenador geral do projeto de restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: Um mergulho na história da Vila Itororó
Um mergulho na história da Vila Itororó
Narrador (Renan Tenca, ator que encenou a peça Cidade Vodu na Vila Itororó)   Próximo áudio: Quem construiu a Vila Itororó?
Quem construiu a Vila Itororó?
Sarah Feldman (Arquiteta e urbanista autora do livro Vila Itororó: uma história em três atos)   Próximo áudio: A Vila Itororó e as transformações de São Paulo
A Vila Itororó e as transformações de São Paulo
Sarah Feldman (Arquiteta e urbanista autora do livro Vila Itororó: uma história em três atos)   Próximo áudio: A arquitetura peculiar do Palacete
A arquitetura peculiar do Palacete
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: Uso de material de demolição
Uso de material de demolição
Sarah Feldman (Arquiteta e urbanista autora do livro Vila Itororó: uma história em três atos)   Próximo áudio: A Casa das Carrancas
A Casa das Carrancas
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: Trilhos de bonde e outras curiosidades das construções
Trilhos de bonde e outras curiosidades das construções
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Clique aqui para voltar ao menu inicial Iniciar próxima seção: O dia a dia de quem morou na Vila
A Vila Itororó por quem viveu nela
Elaine Santana e Laudi Fernandes (Ex-moradoras da Vila Itororó)   Próximo áudio: Um local de moradia
Um local de moradia
Sarah Feldman (Arquiteta e urbanista autora do livro Vila Itororó: uma história em três atos)   Próximo áudio: Transformações ao longo do século XX
Transformações ao longo do século XX
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: Lembranças do cotidiano na Vila Itororó na década de 1960
Lembranças do cotidiano na Vila Itororó na década de 1960
Laudi Fernandes (Ex-moradora da Vila Itororó)   Próximo áudio: O processo de encortiçamento a partir dos anos 90
O processo de encortiçamento a partir dos anos 90
Graziela Kunsch (Artista e responsável pela formação de público no projeto Vila Itororó Canteiro Aberto)   Próximo áudio: Lembranças do cotidiano na Vila Itororó entre 1990 e 2010
Lembranças do cotidiano na Vila Itororó entre 1990 e 2010
Elaine Santana (Ex-moradora da Vila Itororó)   Próximo áudio: A Vila Itororó no início do século XXI
A Vila Itororó no início do século XXI
Aline Fidalgo Yamamoto (Arquiteta que trabalhou junto ao Mosaico [Escritório Modelo da FAU Mackenzie] no processo de resistência dos moradores da Vila)   Próximo áudio: Para onde foram os ex-moradores?
Para onde foram os ex-moradores?
Narrador (Renan Tenca, ator que encenou a peça Cidade Vodu na Vila Itororó)   Clique aqui para voltar ao menu inicial Iniciar próxima seção: O abacateiro
O abacateiro
Graziela Kunsch (Artista e responsável pela formação de público no projeto Vila Itororó Canteiro Aberto)   Próximo áudio: A viela
A viela
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: O trabalho de restauração
O trabalho de restauração
Antônio Silva Jesus (Pedreiro que trabalhou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: A origem do nome Itororó
A origem do nome Itororó
Benjamim Saviani (Arquiteto que atuou na restauração da Vila Itororó)   Próximo áudio: A fonte da Independência

FICHA TÉCNICA 

Direção e Pesquisa Dramatúrgica: Gustavo Vaz & Gabriel Spinosa 

Texto: Gustavo Vaz 

Gravação binaural: Gabriel Spinosa 

Elenco: 

Gustavo Vaz – Francisco de Castro | Estações 1 a 6 

Daniel Warren – Morador | Estação 2 

Alexandre Cioletti – Morador | Estação 3 

José Sampaio – Arquiteto | Estação 4 

Bárbara Salomé – Moradora | Estação 5 

Edição e Mixagem: Gabriel Spinosa 

Assistente de Direção: José Sampaio 

Locução Estação 0: Carolina Borelli 

Produção: Corpo Rastreado 

Agradecimento especial: Impulso Coletivo / Jorge Peloso 

Idealização e Realização: ExCompanhia de Teatro 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
×